A Comunidade do Noviciado

Durante o noviciado, tentamos integrar nosso entendimento e nossa experiência de uma vida totalmente dedicada a Deus como Irmã Educadora de Notre Dame / Irmã das Escolas de Nossa Senhora.

A qualidade desta integração tem uma influência direta na qualidade de vida vivida na comunidade do noviciado. Juntos, nos últimos 11 meses, 9 de nós, 4 irmãs e 5 noviças, tentamos viver nossa espiritualidade, missão e carisma na realidade cotidiana de uma comunidade de fé, formativa, intercultural e multi-geracional. O testemunho, apoio e desafio que nos damos tem sido essencial para o crescimento contínuo de todas nós. Ele também nos ajudou a discernir o chamado de Deus para HEND / HENS.

Conscientemente e continuamente, trabalhamos para ser uma comunidade de “uma mente e um coração”, como foi apresentado em Nós Somos Enviadas / Vós sois Enviada e às vezes lutamos para nos adaptar à diversidade cultural e geracional entre nós. Uma semana de habilidades de vida intercultural no início do nosso tempo juntos e a ajuda ocasional de um facilitador simpático nos ajudou em nossa caminhada juntas. Nossas assembléias locais regulares sobre os temas de Nós Somos Enviadas / Vós sois Enviada, dias de renovação mensal, oração comunitária, recreação e culinária contribuem para o mosaico da nossa vida de noviciado e nos levaram a uma aprendizagem e apreciação mais profunda da nossa vida HEND / HENS.

Nossas Aulas

Governo

Como noviças, tivemos a oportunidade de examinar nossa estrutura de governança das HEND / HENS através do nossa diretora, Sra. Rosemary Howarth e Sra. Mary Maher, sabendo que uma instituição / organização não pode funcionar sem uma autoridade legítima.

Foi bom saber que estabelecemos estruturas governamentais que nos libertam pelos caminhos do Espírito. Eles fluem e animam a nossa vida e missão compartilhadas através da nossa comunidade internacional.

Tendo em mente que nossa unidade não é uniformidade, as províncias possuem suas próprias próprias estruturas; Cada um é distinto e vital. Nosso governo central nos une como irmãs em todas as nações e culturas e nos une em missão.

O que nos destaca é que o governo não pode funcionar sem a participação vital de todas as irmãs e o exercício da autoridade legítima. Isso mostra que nossa estrutura governamental é muito inclusiva. Todas compartilhamos de responsabilidade compartilhada e colaboramos ativamente na busca comum para conhecer e fazer a vontade de Deus. A liderança encoraja a fidelidade ao nosso carisma e nos guia no cumprimento de nossa missão.

Percebemos que o propósito do governo em todos os níveis é promover a unidade e nos permitir proclamar a Boa Nova.

É incrível saber que, participando de forma responsável no governo, cada irmã é responsável não só por Deus, mas também por suas irmãs, pela vida e missão da congregação. Não é maravilhoso como todos contribuímos e participamos da tomada de decisão sem sentir que nossas vozes não são ouvidas? Que grande presente!

 

Reflexão teológica na Fase 1:

De 13 a 16 de junho, a Irmã Julie Lattner (AM) facilitou esse processo conosco. Na primeira sessão, ela nos apresentou a um pássaro chamado “SANKOFA”, que significa: SAN – retorno; KO – ir, FA – veja, ver, levar.

Portanto, como esse pássaro, tomamos a decisão de olhar para trás nos vários elementos do programa do noviciado.

O processo incluiu: 1. Experiência pessoal (momento significativo, evento e pessoas), 2. Reflexão (olhar longo e amoroso sobre a realidade), 3. Diálogo (com SE, escrita, outros e realidade social), 4. Ação (nova opção, aprofundamento).

Na sessão final, cada uma de nós compartilhou com o grupo como somos influenciadas e mudadas ao viver os votos. Desta forma, entramos firmemente na próxima etapa do discernimento comunitário da nossa chamada para HEND / HENS. Foi um tempo inestimável para nós!

 Peregrinação de Herança

Além de aprender em sala de aula, em junho, toda a comunidade do noviciado teve o privilégio de fazer uma peregrinação à Alemanha para visitar os patrimônios da nossa congregação. Seguir os passos de Madre Teresa e entrar em contato com lugares importantes de sua vida foi uma experiência única que nos permitiu beber mais profundamente seu espírito.

Nos primeiros dias, estivemos na Casa Mãe em Munique, onde fomos muito bem recebidas pelas nossas irmãs. Rezar no túmulo da Madre Teresa foi um momento pungente para todas nós. Nos dias seguintes, visitamos a sala de herança da Casa Mãe e também as instituições educacionais. Então, fizemos um passeio pelo centro da cidade de Munique. Quando visitamos Munique-Au, soubemos das primeiras irmãs que vieram a Munique e vimos as escolas que incluíam reunir alguns alunos da nova classe de pessoas que tiveram que fugir de seus países (refugiados).

De Munique, viajamos para Regensburg-Stadtamhof para visitar os lugares da infância de Karolina e seus começos como professora. Também tivemos a oportunidade de entrar na capela de St. Gall, onde Madre Teresa – entre lágrimas – proferiu seus votos. Na Catedral de Regensburg, rezamos ao lado do túmulo do bispo Wittmann e visitamos nossas irmãs para o jantar num outro convento em Regensburg: Niedermünster.

De Regensburg, continuamos nossa viagem a Neunburg vorm Wald, onde 1

Stadtamhof con Hna. Gabriele
            Stadtamhof com Irmã Gabriele

81 anos antes, as primeiras seis noviças entraram na congregação jovem! Nós sentimos um espírito de unidade com elas, já que somos as primeiras noviças do novo noviciado congregacional!

Após a nossa peregrinação externa nos últimos dias, começamos o interior, entrando no nosso retiro de 5 dias lideradas pela Irmã Pietra Hagenberger, HEND / HENS (BY). Ser capaz de fazer isso no lugar da base da nossa congregação – e literalmente na proximidade imediata do quarto da Madre Teresa – foi um privilégio especial para nós.

 

Emelia: “Estou muito feliz em compartilhar minha experiência de nossa peregrinação de herança na província bávara. Foi um grande privilégio testemunhar como nosso carisma está vivo e ativo naquela parte da nossa congregação”. As irmãs estavam cheias de energia, sorrisos e muito hospitaleiras para nós. Na verdade, nós fomos generosamente dotadas deles. Meu coração sai com gratidão a elas. Eu estava tão emocionada pelas muitas irmãs que cuidavam dos pobres. Algumas irmãs se revezavam para alimentar os pobres em nossa Casa Mãe de Munique. Outras se entregaram para treinar mulheres, especialmente aquelas de países devastados pela guerra. Foi incrível saber que muitas dessas mulheres foram treinadas na gestão doméstica e a maioria delas é muçulmana. Esta é uma grande manifestação do espírito de Madre Teresa. Sinto-me desafiada a amar e a abrir meu coração aos necessitados, especialmente aos pobres do nosso mundo marginalizado. Além disso, fiquei impressionada com a fé das pessoas ao redor da Casa Mãe em Munique. Muitas vezes se vêem rezando no túmulo da Madre Teresa em Munique. Que grande presente e exemplo ela nos oferece hoje!

Aqui está “um gosto” do que foi a parte mais especial desta viagem para cada uma de nós:

Jantar com a comunidade de Munich Au

 

 

 

 

Com Irmã Pietra e a comunidade de Neunburg vorm Wald

Mayara: “Para mim, foi uma grande oportunidade para tocar mais profundamente as nossas raízes HEND / HENS. Estar no mesmo lugar da nossa fundação foi como retornar ao início, voltar para casa, perguntar e aguardar a palavra de nossos fundadores para tocar meu coração Foi uma experiência rica que fortaleceu minha fé, acreditando, como fez a Madre Teresa em seu tempo, que podemos ajudar a mudar nosso mundo dividido através da nossa transformação pessoal e transformação dos demais. Esta peregrinação e os 5 dias de retiro foram um convite para aprender com Madre Teresa e com cada um de nossos fundadores como seguir Cristo como HEND / HENS neste momento.

Grace Marie:

“O que eu senti depois de visitar a cidade natal de Madre Teresa é que ela tinha um cotidiano como nós. Ela ia à igreja, vivia cercada pela natureza e encontrava pessoas simples. Ela enriqueceu-se com este ambiente. Estava escrito na carta da Madre: “Você deve valorizar pequenas coisas”. Não significa fazer nada particularmente proeminente, mas cuidar de pequenas coisas discretas. Isso levou a sua grande missão. A mãe Teresa viveu sua vida de oração profundamente. Na Alemanha, mais uma vez senti que a nossa vida exige exatamente a mesma vida de oração simples. Por exemplo, no caminho de casa, Irmã Justine nos acompanhou até que ficamos fora da vista dentro do aeroporto.

De repente, pensei no provérbio japonês “Ichigo-Ichie” (一 期 一 会, o que significa “Guarde cada encontro com um tesouro, porque nunca mais vai acontecer”. As pessoas conhecem pessoas, as pessoas conhecem o cosmos, olham para trás na separação e esperam até que estejam fora da vista.

Foi tão bonito. Imaginei uma fonte de água viva.

 

Visitando Munich Au com Irmã Gisela
Teresa: “A experiência mais alegre desta viagem para mim foi – é claro – ver ‘minhas irmãs’ de novo!

Estar nos lugares patrimoniais da nossa congregação novamente depois de ter estudado mais intensamente a história da nossa congregação no noviciado foi, sem dúvida, também muito especial para mim. Uma pergunta muitas vezes me veio à mente: como o carisma que nasceu nestes lugares significativos ainda está vivo na realidade da nossa província de hoje? Podemos ver muitos lugares onde nossas irmãs ministraram no espírito da Madre Teresa e as linhas de conexão tornaram-se mais evidentes para mim, especialmente em München-Au com sua classe de refugiados recentemente estabelecida. Como a Madre Teresa sempre foi sensível às necessidades urgentes de seu tempo, aqui senti fortemente que esse novo começo é uma resposta direta a uma necessidade urgente do nosso tempo. Sim, acho que Madre Teresa teria feito o mesmo. E espero que nosso carisma no futuro também nos permita entrar no desconhecido, se nossas necessidades nos encorajarem a fazê-lo “.

Ao longo da nossa viagem, fomos abençoadas pela calorosa recepção das irmãs em todas as comunidades que visitamos. Sua hospitalidade e generosidade em cuidar de nós foi incrível. Nossos corações estão cheios de gratidão por essa experiência única.

Missão

Ao longo da Fase I, a missão foi um foco importante. Foi interessante saber que MISSIO significa “enviar” e MISSIO DEI significa que somos enviados a dedicar nossas energias para colaborar na “missão de Deus”. A missão acontece quando a nossa espiritualidade e o carisma encontram o mundo. Aprendemos que a missão é um convite para ir além da auto-realização a nada menos do que a transformação. Jesus nos pede para fazer o que fez … para quebrar os limites de conforto, privilégio e segurança, e compartilhar com os necessitados … para alcançar o reino da verdade e da justiça no mundo em nossa vida diária e comum de amor e serviço. Como HEND / HENS somos chamadas a transformar as vidas de forma positiva, a ministrar de forma que as pessoas se sintam valorizadas e a promover a dignidade humana sem esmagar o espírito.

Somos chamadas a criar um ambiente de transformação, instrução sólida, formação de coração e capacitação das pessoas. Descobrimos que nosso ministério é oferecer-se para o amor de Deus para levar os outros ao amor de Deus. Nosso ministério HEND / HENS é um ministério da Igreja que dá testemunho vibrante dos valores do evangelho no mundo de hoje. É profundamente espiritual na natureza, e se concentra na pessoa humana.

Baseia-se na solidariedade e na comunidade – vendo-nos como irmãos e irmãs, e promovendo uma ética de cuidados para toda a criação. Acima de tudo, requer uma preparação do coração e uma ação transformadora infundida com esperança nas pessoas que servimos, bem como em nós mesmas. Nossas irmãs Bernadette Alfieri, Cindy Weber, Ruth Ann Klauser, Gisela Hörmann, Magda Burger, Miriam Jansen e Mary Margaret Johanning compartilharam suas experiências em missão e ministério com graça e deram vida ao nosso aprendizado.

Concluindo, a missão é proclamar as BOAS NOVAS pelo nosso próprio ser ao compartilhar nossa experiência do amor incondicional de Deus. É o que estamos prestes a fazer na Fase II. Nós compartilhamos com você “onde no mundo” estaremos em missão e ministério nos próximos 7 meses.

Conforme descrito em We Are Sent / Sent, a Fase II oferece uma oportunidade para “promover dentro da noviça as atitudes básicas que caracterizaram Jesus na missão”. (SE, DG # 119) Somos enviadas para viver e ministrar como discípulos de Jesus Cristo no espírito da Beata Teresa em uma comunidade de fé local dentro da nossa província de origem. Esta fase contribui para o nosso discernimento através da oração, da vida comunitária, da experiência ministerial e do nosso desenvolvimento pessoal contínuo. Desta forma, integramos as lições e os agradecimentos da Fase I.

Cada uma de nós foi designada para um ministério em tempo integral onde podemos usar e desenvolver nossos dons e talentos. É nossa esperança que nós e aqueles a quem fomos enviadas se enriqueçam e cresçam.

 

“Eu sou a Noviça Esther Bassey. Eu fui indicada para Bumbuna Kalansogoia, Comunidade de Chefes em Serra Leoa, África Ocidental, por minha experiência de 7 meses em comunidade e ministério. Eu trabalharei com Irmã Antonieta Neumann na Escola Infantil. Eu estava cheia de alegria quando minha provincial compartilhou as boas notícias de ir lá. Eu amo estar com crianças e estou ansiosa para compartilhar meus presentes com elas e me abrir para receber o seu também.
O 23 de julho começa a segunda parte da minha aventura como noviça das HEND / HENS. Estou muito animada para viver como HEND / HENS em missão e comunidade com minhas irmãs para ajudar uns aos outros a crescer em nossa vocação e fé como HEND / HENS. Eu quero aprender com as experiências das irmãs em comunidade e missão, como lidar com todos os desafios e alegrias que vêm do ministério. Eu também quero aprender com as pessoas com quem eu vou trabalhar como enfrentar meus próprios sentimentos que me capacitam para ser um instrumento para que Deus possa mostrar-se a Seu próprio povo. Ao mesmo tempo, eu quero ajudar as pessoas a crescer cada vez mais em sua fé em Cristo.

Durante a minha época apostólica em Assunção, Paraguai com as irmãs Hedy, Leetta e Leidiane, vou experimentar o trabalho na clínica perto da nossa casa. Isso inclui a visita aos doentes em suas próprias casas, também trabalhando com as irmãs da paróquia de Santa Ana. Este ministério inclui algumas possibilidades de levar a Comunhão aos doentes e idosos com outros Ministros da Comunhão e a participar de algumas reflexões bíblicas nas casas das famílias. Estou antecipando esta ótima experiência como noviça HEND / HENS em missão.

Novicia Mayara

 

Eu sou a Noviça Emelia Ayambire Agana. Meu coração está cheio de alegria e pronto para ir à Gâmbia para a missão. Gâmbia está localizada na África Ocidental. Sou grata a Deus e ao meu conselho provincial por me enviar para a comunidade de Soma. Eu compartilharei meus presentes no ensino de alunos do ensino fundamental. Estou particularmente feliz por experimentar uma cultura diferente e uma fé diferente, o Islã. Eu realmente quero receber com gratidão as irmãs em comunidade, as pessoas e especialmente os meninos e meninas que vou encontrar. (Um processo de enriquecimento para mim.)

 

Noviça Grace Marie

Comunidade: Imakaido-cho, comunidade em Kyoto, Japão

Ministério: Notre Dame Jogakuin

Eu vou para uma nova comunidade, Imakaido-cho. Eu vou participar da nossa atividade no ensino médio. Estou antecipando a união com nossas irmãs japonesas.

Embora eu tenha meu certificado de ensino, ainda não experimentei a oportunidade de ensinar em uma escola secundária. Esta será uma nova e excitante aventura.

Novicia M. Teresa
A fase II me levará de volta à casa-mãe em Munique. Embora o ambiente e a comunidade já sejam familiares para mim, o ministério será novo: trabalharei em tempo parcial em nossa escola ensinando alemão e religião e meio período em um projeto social com pessoas sem-teto no centro da cidade. Além disso, eu também posso continuar trabalhando com Irmã Katharina no projeto voluntário de nossa província (MaZ – Missionária por um tempo).

Tenho vontade de me lançar nesta nova aventura e, ao mesmo tempo, experimentar de forma mais profunda o que significa viver como uma comunidade HEND / HENS em missão. Sou grata pelas irmãs que me acompanharão em comunidade nesta fase e por todo o apoio da oração.

AGRADECIMENTOS – que queremos expressar

No final da Fase I, a Comunidade do Noviciado preparou uma ceia e uma vespertina para agradecer ao nosso Conselho Geral por todas as grandes coisas que fizeram para nós como noviças. Eles nos deram a oportunidade de viver como um noviciado internacional, onde juntas poderíamos ajudar umas às outras a aprofundar nossa vocação. Esta experiência também nos ajudou a saber o que é viver numa comunidade intercultural, aceitando, respeitando e amando nossas irmãs com nossas próprias culturas e costumes. Agradecemos também à comunidade da Casa Geral por nos apoiar e compartilhar suas vidas e experiências conosco. Elas disponibilizaram seu tempo para nos ajudar a descobrir de perto como uma Irmã Educadora / Irmã Escolar vive uma vida de votos na missão.

Agora, como Comunidade do Noviciado, queremos dar-lhe AGRADECIMENTOS, a nossa HEND / HENS em todo o mundo, que também nos apoiou no desafio e na graça na vida de cada uma de nós. Muito obrigado por sua oração diária que você nos deu e continua dando força e coragem para seguir Cristo como HEND / HENS. Obrigado por suas cartas e todos os presentes que nos enviou com amor e carinho.

Pedimos a Deus para continuar a fornecer todo o apoio que elas precisam nesta fase de suas vidas. Que Ele abençoe cada uma de vocês em sua vida diária em missão.

Por favor, pedimos que você continue e intensifique sua oração por nós nesta segunda parte do nosso noviciado e prometemos a nossa oração fiel por você.