“A fonte e o centro de nossa vida pessoal, comunitária e apostólica é a união com Deus. Vamos ao Pai por Jesus, na força do Espírito. De Jesus aprendemos o que significa estar em união com o Pai e ser por Ele enviado”.
Profundamente, na oração, reconhecemos, aceitamos e livremente nos abandonamos à realidade de quem é Deus e de quem somos nós: criaturas incondicionalmente amadas por nosso Criador. Nós nos aproximamos de Deus, prontas para sermos transformadas e para aceitar nossa missão com mais intensidade, ao mesmo tempo que somos atraídas a uma comunhão mais íntima com Ele.
A Oração põe em foco a nossa vida religiosa toda; ela sustenta o ritmo de nossa vida que dá ênfase ora à pessoa, ora ao mundo ao qual servimos.
A Oração é a nossa contínua resposta ao continuo chamado de Deus para a missão” ( VSE 27-28)